Voltar para homepage
Quem Somos Unidades Serviços Calendário Notícias Como Ajudar Artigos Contato Loja Virtual
Confraternizando... Jurassic Prodes


Chega o final do ano e é inevitável que empresas, famílias ou grupos de trabalho se reúnam para avaliar o ano, traçar metas e objetivos ao ano seguinte ou simplesmente comemorar o ano que termina. O Jurassic Prodes - para quem não sabe, é o grupo formado por ex-integrantes do Prodes - resolveu 'celebrar' o ano de 2013 da maneira mais especial possível. Pedimos ao Padre Osvalo que celebrasse a Santa Missa em Ação de Graças pelo trabalho realizado no ano e em intenção das tarefas a cumprir no ano vindouro.
Linda celebração! Padre Osvaldo nos brindou com uma emocionante homilia, em que ressaltou a importância da celebração na presença do Cristo e do compromisso para com Ele no trabalho na Associação Família de Caná. A nossa Capela estava cheia, com integrantes jurássicos (alguns vindos de longe, como São Paulo, Itambacuri, Campinas e até... Lagoa Santa!): Mozart e Gislaine, Márcia, Alexandre Leão/Alcione e Mayara, Ira Natacha, Carolina/Gilberto, Flávio Eustáquio/Angélica, Carla Pena/Paulo, Elimar/Nina, Pe. Osvaldo, Paulo Tadeu, Paula Viégas, Daniel, Márcio/Ana Paula, Karla/Francisco, e o Cristiano. Contamos ainda com visitas especiais: Firmino, Geraldo, e as Meninas da Comunidade Feminina.
Terminada a Celebração, nos deliciamos, na Pizzaria Nino, com muita Amizade, regada a fartos goles de Carinho e Amor Fraterno! Além dos já citados, estiveram presentes também René, Marise/Eduardo, Jacqueline Resende, Lidia, Fernanda/Fabrício e crianças, Paulo Vitor, João Pedro, Isadora, Thiago e Matheus. Fechamos a noite com um divertido 'Amigo Oculto' e um convite (por parte do Daniel) para nos encontrarmos na semana seguinte.
Mais dois encontros se seguiram por conta de nossa celebração... Segunda, estivemos na casa do Daniel e, na quinta, na casa da Marise. Nessas duas reuniões pudemos experimentar a sensação de que, não importa o tempo ou a distância que insista em nos separar, o verdadeiro sentimento que nos une é o Amor (vindo do Cristo) e que sempre fará de nossos encontros momentos de profunda comunhão e amizade. Sempre vai parecer que terminamos de nos ver 'ontem mesmo'... (risos)
Para concluir, trago um maravilhoso texto/poema do Daniel, que resume a nossa experiência de Amor, Amizade e Espiritualidade.

ESSES AMIGOS

Ah! Esses amigos…
Oriundos de vários cantos,
Mergulhados em sonhos tantos,
Laços originados em um Recanto.

Tempo que já se vai longe…
Passado que se faz presente,
Sem grande esforço,
Porque justificadamente vivo na memória.

Esse mesmo tempo,
Impossível não admitir,
Provocou - como não poderia deixar de ser,
sem qualquer sinal de constrição –
Notáveis mudanças em todos nós…

Barrigas cresceram.
As femininas, deram à luz.
As masculinas,
(e não serei atrevido de mão me ater a estas),
Insistem sofregamente em se fazer presentes.

Cabelos de alguns (neste gênero) ralearam,
De outros, branquearam…
O de poucos – pior – caíram.
Os das mulheres, ao contrário,
Diminuíram, a poder da tesoura,
Ou, principalmente, mudaram de cor,
À velocidade própria do profissional contratado.

Braços encurtaram.
E em um esforço de sinergia,
Requerem olhos nipônicos
Ou exigem recursos…
Apenas para ser possível ler um trecho ou outro.

Esse mesmo tempo,
Descontente com suas artimanhas visíveis,
Também fez reviravoltas internas.
Afinal de contas,
Para que serve a água colocada nas talhas
Senão para ser transformada em vinho
De bouquet refinado,
De tanino aveludado?

Mas há algo que o tempo
- esse inexorável algoz -
Não consegue fazer vergar.
Algo que insiste em permanecer,
Sem nenhuma dor ou desespero!

É a felicidade incontida,
Renascida a cada encontro,
Capaz de superar o tempo e a distância,
E de fazer celebrar,
No exato e profundo sentido do termo,
A amizade.

Contudo, pensando bem,
É forçoso reconhecer que o tempo
Foi jubilosamente capaz de também transformá-la:
Em seu cadinho,
A aqueceu e depurou!

Ah! Esses amigos…
Mais acertado falar irmãos em Cristo.
Prole nascida da união espiritual
De Osvaldo e Maria…
Não nos escolhemos, portanto.
Fomos escolhidos.

Somente isto para explicar
A realidade, em nossas vidas,
Do que canta o poeta
Ali, do Clube daquela esquina!!!

Data: 06/01/2014


Voltar para página anterior
Associação Família de Caná
R. Henrique Gorceix, 80 | Padre Eustáquio | Belo Horizonte/MG | 30720-416
Telefone: (31) 3462-9221 | E-mail: familiadecana@ig.com.br